Lançamentos de fevereiro – Editora Intrínseca

blog livro

Fonte: Intrínseca

Aqui no blog sempre vou falar dos lançamentos e novidades das editoras, então vou começar por uma das minhas queridinhas: Intrínseca. ❤

Acho melhor vocês preparem os corações e os bolsos porque esse mês o gasto vai ser graaande! Dá só uma olhada nos lançamentos do mês fevereiro da Intrínseca:

  • Um mais um – Jojo Moyes

O novo livro de Jojo conta a história de Jess Thomas, que ficou grávida e largou a escola para se casar com Marty. Dois anos atrás, Marty saiu de casa e nunca mais voltou.
Fazendo faxinas de manhã e trabalhando como garçonete em um pub à noite, Jess mal ganha o suficiente para sustentar a filha Tanzie e o enteado Nicky, que ela cria há oito anos. Jess está muito preocupada com o sensível Nicky, um adolescente gótico e mal-humorado que vive apanhando dos colegas. Já Tanzie, o pequeno gênio da matemática, tem outro problema: ela acabou de receber uma generosa bolsa de estudos em uma escola particular, mas Jess não tem condições de pagar a diferença. Sua única esperança é que a menina vença uma Olimpíada de Matemática que será disputada na Escócia. Mas como eles farão para chegar lá?
Enquanto isso, um dos clientes de faxina de Jess, o gênio da computação Ed Nicholls, decide se refugiar em sua casa de praia por causa de uma denúncia de práticas ilegais envolvendo sua empresa. Entre ele e Jess ocorre o que pode ser chamado de ódio à primeira vista. Mas quando Ed fica bêbado no pub em que Jess trabalha, ela faz questão de deixá-lo em casa, em segurança. Em parte agradecido, mas principalmente para escapar da pressão dos advogados, da ex-mulher e da irmã — que insiste em que ele vá visitar o pai doente —, Ed oferece uma carona a Jess, os filhos e o enorme cão da família até a cidade onde acontecerá o torneio. 

  • Como o Google funciona – Eric Schmidt, Jonathan Rosenberg.

Este livro mostra os bastidores da start-up que se transformou em uma das maiores empresas do mundo. Em Como o Google funciona, Eric Schmidt e Jonathan Rosenberg reúnem as valiosas lições que fizeram da empresa uma gigante global conhecida pela missão de inovar incessantemente. Eles descrevem como o avanço da tecnologia transferiu o poder das corporações para os consumidores e reforçam que, para sobreviver, é essencial concentrar esforços na qualidade dos produtos e investir em uma nova categoria de profissionais: os criativos inteligentes, que unem conhecimento técnico, tino comercial e uma criatividade sem limites.
Eric e Jonathan relatam casos curiosos e exemplos da história e do dia a dia do Google e abordam temas como estratégia, cultura corporativa, tomada de decisões, contratação de funcionários e capacidade de adaptação e inovação. Em um tempo de mudanças drásticas e cada vez mais rápidas nos negócios, é fundamental para gestores e empreendedores saber abraçar o espírito de inovação e atrair e manter a maior quantidade possível de talentos. Como o Google funciona mostra o caminho.

  • Objetos cortantes – Gillian Flynn

Recém-saída de um hospital psiquiátrico, onde foi internada para tratar a tendência à automutilação que deixou seu corpo todo marcado, a repórter de um jornal sem prestígio em Chicago, Camille Preaker, tem um novo desafio pela frente. Frank Curry, o editor-chefe da publicação, pede que ela retorne à cidade onde nasceu para cobrir o caso de uma menina assassinada e outra misteriosamente desaparecida.
Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã, praticamente uma desconhecida. Mas, sem recursos para se hospedar na cidade, é obrigada a ficar na casa da família e lidar com todas as reminiscências de seu passado.
Entrevistando velhos conhecidos e recém-chegados a fim de aprofundar as investigações e elaborar sua matéria, a jornalista relembra a infância e a adolescência conturbadas e aos poucos desvenda os segredos de sua família, quase tão macabros quanto as cicatrizes sob suas roupas.

  • Até você ser minha – Samantha Hayes

A assistente social Claudia Morgan-Brown está prestes a realizar o sonho de sua vida: vai dar à luz uma menininha. Apesar da ausência do marido ao longo da gravidez – James é oficial da Marinha e fica semanas e até meses longe de casa –, ela mal pode esperar para segurar seu bebê nos braços após várias tentativas e perdas.
Porém, as diversas tarefas de Claudia, além da responsabilidade de cuidar dos gêmeos Oscar e Noah, filhos do primeiro casamento de James, deixam o casal preocupado. A próxima partida de James se aproxima, e eles decidem contratar uma babá.
Zoe Harper quer muito o emprego. Com as melhores recomendações, ela conquista os gêmeos e se muda para o lar do casal. Mas Claudia logo percebe que a mulher tem outros motivos para se aproximar da família. As suspeitas de Claudia se transformam em verdadeiro terror quando começa a ocorrer uma série de ataques brutais a mulheres grávidas na cidade. Imersos em problemas familiares, os investigadores Lorraine Fisher e Adam Scott são forçados a deixar suas questões de lado e correr contra o tempo para encontrar o assassino antes que ele cometa mais um crime.
Uma narrativa repleta de reviravoltas, Até você ser minha traz os desejos humanos mais intensos e mostra quão longe alguém pode chegar para conseguir o que quer.

  • Percy Jackson e os Deuses Gregos – Rick Riordan

Alguém poderia contar as histórias de origem dos deuses do Olimpo melhor do que um semideus dos tempos modernos? Percy Jackson oferece uma visão privilegiada com abundância de tudo nesta coleção ilustrada.
“Uma editora em Nova York me pediu para escrever o que eu sei sobre os deuses gregos, então pensei, podemos fazer isso anonimamente? Porque eu não preciso de os Olimpianos com raiva de mim novamente. Mas se isso ajuda você a conhecer os seus deuses gregos, e sobreviver a um encontro com eles, se eles nunca aparecem em seu rosto, então eu acho que escrever tudo isto será a minha boa ação da semana.”
Assim começa Os Deuses Gregos de Percy Jackson, em que o filho de Poseidon acrescenta sua própria magia – e apartes sarcásticos – para os clássicos. Ele explica como o mundo foi criado, em seguida, dá aos leitores sua opinião sobre um quem é quem dos antigos, a partir de Apollo para Zeus. Percy não se segura. “Se você gosta de filmes de terror, banhos de sangue, mentira, roubo, traição e canibalismo, então continue a ler, porque definitivamente foi uma Idade de Ouro para tudo isso.

  • Quase uma Rockstar – Matthew Quick

Desde que o namorado da mãe as expulsou de casa, Amber Appleton, a mãe e o cachorro moram em um ônibus escolar. Aos dezessete anos e no segundo ano do ensino médio, Amber se autoproclama princesa da esperança e é dona de um otimismo incansável, mas quando uma tragédia faz seu mundo desabar por completo, ela não consegue mais enxergar a vida com os mesmos olhos. Será que no meio de tanta tristeza e sofrimento Amber vai recuperar a fé na vida? Com personagens cativantes e uma protagonista apaixonante, Matthew Quick constrói de forma encantadora um universo de risadas, lealdade e esperança conquistada a duras penas.

  • Playbook: O manual da conquista – Barney Stinson

Desde o início dos tempos, o homem tem procurado respostas para o questionamento mais fundamental de todos: Por que estou aqui… em vez de estar com uma garota? A procura acabou. Agora, com a ajuda de Playbook: O manual da conquista, o leitor será capaz de abordar a garota que quiser, descobrir o que ela mais deseja e fazê-la se apaixonar por ele. Com mais de setenta técnicas de sedução desenvolvidas pelo guru da conquista e exemplo de perfeição Barney Stinson, qualquer homem poderá se tornar um perfeito conquistador. Repleto de dicas, macetes, truques e muita conversa fiada, o popular personagem da série de tevê How I Met Your Mother sugere dezenas de maneiras de abordar uma mulher e ser bem-sucedido. Com as dicas dele nenhum homem ficará sozinho.

  • A verdade é uma caverna nas montanhas negras – Neil Gaiman

Publicada incialmente em uma coletânea de contos do autor, A verdade é uma caverna nas Montanhas Negras é uma história fascinante sobre família, a busca por um tesouro e a descoberta de um mundo invisível. Em uma colaboração inédita, os personagens e as paisagens de Gaiman ganham forma com um traçado sombrio e impreciso do artista Eddie Campbell, e o resultado é uma obra que passeia entre o livro ilustrado e o graphic novel, desafiando os limites entre texto e imagem em uma explosão de cor e sombra, memória e arrependimento, vingança e, principalmente, amor.

Todos são ótimos livros e não vejo a hora de tê-los, mas eu particularmente tô l-o-u-c-a, quase ensandecida, pra ler Quase uma rockstar, Objetos cortantes e Um mais um. Também vou providenciar Playbook, porque com toda certeza deve ser tão bom e engraçado quanto Código Bro.

E vocês, quais desses querem ler?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s