Parceria: Editora Filhos do Vento

É com muito prazer que venho contar esta novidade: A Editora Filhos do Vento é a mais nova parceira do Blog Livros da Jess!

logoprincipalbranco2

Sobre a Editora: 

A Editora Filhos do Vento resulta da experiência acumulada de seus fundadores em vários segmentos da produção editorial, inclusive no papel de autora. Nessas dinâmicas foi que percebemos a necessidade de repensar algumas das relações de trabalho e de negócios que vigoram no ramo.
E quem somos? Uma jornalista, que também é escritora, e um designer que se propuseram a apresentar um outro modelo de negócio ao mercado editorial, fundamentado em nossos valores pessoais e empresariais de respeito a todos os envolvidos no processo.
Não foi um caminho fácil. Aliás foi bem demorado e exigiu grande empenho em pesquisas, aprofundamento em aspectos legais e muito, muito planejamento. Mas finalmente equacionamos todas essas variáveis e o que era projeto se torna realidade.
Nossa empresa trabalha com o modelo convencional de produção editorial, como poderão ver na seção PUBLIQUE, e ainda com prestação de serviços gráficos e editoriais. A este formato acrescentamos os princípios solidários que nos orientam a desenvolver uma atitude colaborativa junto a autores e grupos culturais que queiram conhecer mais sobre os caminhos da publicação.
Somos uma empresa nova e inovadora, determinada a atuar no mercado como marca associada a produtos de qualidade, capaz de desenvolver novos processos e tecnologias para a produção editorial e comprometida com a valorização e difusão da cultura local. Esperamos ser reconhecidos pelos valores que elegemos: sustentabilidade, respeitabilidade, transparência, solidariedade e responsabilidade social e empresarial.

Site | Facebook | Twitter

Vou deixar aqui duas obras publicadas pela Editora, para que vocês conheçam um pouco melhor:

  • Pedras Negras – Cesar Luis

afilhos2Sinopse: A normalidade da vida sempre é quebrada por algum fato insólito e esse, seja qual for sua natureza, nos coloca em movimento por reação. São situações que não esperamos conscientemente, que não temos nenhum controle, mas que fazem parte integrante do misterioso “porquê” de nossa existência.
Fernando Eastman é um rapaz da ciência e da razão que se envolve apaixonadamente numa jornada repleta de situações impossíveis em terras do Peru e Bolívia. Acompanhado de Rico e Lia, ele é desafiado por mistérios, conspirações e intrigas envolvendo uma antiga lenda pré-Inca, crânios alongados, outlanders e poderes ocultos. É preciso encontrar um livro. Esse livro encerra um dos maiores segredos da história humana e esse segredo não pode vir à tona.
O grupo de amigos se envolve numa aventura que não desejavam, não imaginavam sequer ser possível, mas que, devido às circunstâncias, irresistivelmente se deixaram envolver. Tudo numa corrida frenética para revelar a verdade sobre a vida no planeta Terra. Seu objetivo é fazer com que essa Verdade, ou pelo menos parte dela, possa ser entregue à Humanidade.
É uma busca para corrigir erros graves no pensamento humano que causam muito sofrimento. Uma narrativa cheia de surpresas, suspense e questionamentos.
 

  • Internado – Marlos Degani

afilhos3Sinopse: INTERNADO é envolvente, sensual e trata das angústias cotidianas com uma força expressiva tão irreverente quanto o próprio autor.
Ainda hoje em dia, algumas pessoas pensam o livro digital como um produto secundário, um suporte alternativo para o impresso. Internado assume a vanguarda poética como o primeiro livro essencialmente digital de poesia proveniente da Baixada Fluminense. 
“O que li em INTERNADO foi a escrita de um poeta maduro, comovido, com coisas interessantes a dizer e absolutamente senhor da forma por meio da qual o diz. Especialmente em “Febre”, primeira parte do livro, foi muito agradável a sensação de estar a todo o tempo lendo o mesmo poema, mas sempre de maneira diferente, e sempre – sempre, Marlos Degani – de modo tocante. Nada vi no seu livro que soasse desprezível, desinteressante ou mal acabado. Nada. Tudo ali traz sempre a marca de uma apurada meditação, mesmo os poemas mais “da rua”, como o “Cariocamente”, e tudo traz também o pulso da alta poesia, como o “Incêndio”, magnífico exemplo”. – Marcos Pasche é professor de Literatura Brasileira da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e crítico literário, autor de De pedra e de carne: artigos sobre autores vivos e outros nem tanto (Confraria do Vento).

Espero que essa parceria só traga bons frutos e muito sucesso para ambos!
Obrigada, Editora Filhos do Vento!

Anúncios

3 comentários sobre “Parceria: Editora Filhos do Vento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s