Parceria + entrevista com o autor Elias Ribeiro!

logo

É com imenso prazer que venho contar para vocês que o escritor Elias Ribeiro é o mais novo parceiro do blog Livros da Jess!

Elias é autor dos livros “Rorschach de Sangue” e “Quando Nerds Encontram Orcs”.
Então me deixem fazer as honras e apresentá-lo a vocês:

Avatar

Elias Ribeiro é psicólogo e autor do livro Rorschach de Sangue, de 2013, e Quando Nerds Encontram Orcs, de 2014. Também possui dois trabalhos acadêmicos no campo da psicologia, publicados em congressos internacionais, sendo o último em 2012 sob o título de “Mortos que Andam: A mitologia contemporânea em diálogo com Joseph Campbell”.
Atualmente almeja crescer no meio literário com obras voltadas para ficção, fantasia e suspense. Além disto, também produz conteúdo para internet, tanto audiovisual, com a companhia “Os Invisíveis”, quanto literário.

Blog | Site | Instagram | Twitter | Facebook

Sobre o livro:

10714351_636720963112079_8363002163347579797_o

Elfos, orcs e dragões. Que nerd nunca sonhou em ficar frente a frente com essas criaturas? Heitor nunca, mas ele não teve a oportunidade de fazer esta escolha. 

Um estranho grupo de seis amigos é lançado em uma inesperada e insólita aventura, quando um obscuro artefato é acidentalmente ativado durante uma partida de RPG. 

Agora, eles se veem dentro dos corpos de seus personagens de jogo e lutando pela sobrevivência, enquanto tentam resolver a mais estranha partida de RPG, da qual já participaram. Otakus, nerds e geeks, terão que se unir, em busca de uma saída daquele lugar.

Em meio a grandes referências aos anos 80 e 90, Role Play fala mais do que de fantasia, mas sim do amadurecimento interno do qual todos nós passamos ou passaremos algum dia. Todos possuímos nossos dragões, mas será que podemos encará-los?

Página oficial do livro |

Primeiramente, quero dizer que eu tô completamente apaixonada pela temática e pela arte do livro! É aquele tipo de livro que você bate o olho e pronto, quer levar!

Eu também fiquei curiosíssima sobre o autor e sobre a história, então fiz algumas perguntas para o Elias,que foi muito gentil em respondê-las.

Olha só o bate papo com o Autor:

BLJ: Quando e por que você começou a escrever?

Elias: Essa é uma das perguntas mais difíceis de responder, porque desde que me dou por gente eu escrevo, mas nem sempre levei a sério. Foi em algum momento em 2012 que resolvi retirar os originais da gaveta e começar a enviar para as editoras. O primeiro original publicado foi o “Rorschach de Sangue”, em 2013, mas eu já havia escrito a primeira versão de “Quando Nerds encontram Orcs”, que estava utilizando o título provisório no original de “O mestre do jogo”.

A escrita sempre foi uma válvula de escape para os conflitos do dia a dia, e poder adocicar o mundo e seus problemas em forma de aventura, me encantou desde o princípio. O principal motivo de ter começado a escrever, é poder passar ideias, conceitos e reflexões, de uma forma que não seja maçante.

BLJ: Sobre “Quando nerds encontram Orcs”, como surgiu a ideia de escrever um livro com essa temática?

Elias: A ideia original surgiu em 2006, mas naquela época eu não tinha a maturidade necessária para construí-la de forma literária, mas eu fui guardando as pesquisas e anotando as novas ideias que iam surgindo. Eu basicamente observei que todos nós possuímos uma longa e difícil jornada de aprendizado e amadurecimento em nossa vida, e que isso por si só era uma aventura. Notei também que meus amigos projetavam em seus personagens nas mesas de RPG (sim eu sou da época do RPG clássico, rsrs), todos os conflitos internos e seus desejos futuros.

Então, o livro “Quando Nerds encontram Orcs” apesar de ser uma obra de fantasia, com orcs, elfos, goblins e etc, em seu pano de fundo fala dos conflitos que todos nós passamos em nosso processo de individuação. Afinal, desde que nascemos somos lançados em um mundo cheio de pessoas estranhas e perigos.

BLJVocê se deparou com algum desafio ao escrever o livro?

Elias: Acho que o maior desafio foi publicá-lo (rsrs). Bem, mas teve sim alguns desafios. O principal foi criar a personalidade dos seis principais. Elas precisavam ser coerentes com pessoas que já tinham sua vida no nosso mundo, e precisavam se adaptar a vida de seus personagens quando foram transportados para o outro mundo.

Em termos de pesquisa, felizmente no mundo de hoje é até fácil, mas quando falamos de características subjetivas, ai fica mais difícil. Você não consegue encontrar esse tipo de resposta no Google. Então eu acabei “emprestando” a personalidade de pessoas reais, as quais convivo ou convivi, aos personagens. Isso curiosamente mudou o rumo da história ao longo do processo. Em alguns momentos eu parava e pensava “Espere, o Phillip jamais faria isso…” ou “A Celina jamais diria uma coisa dessas…”.

Sério, quando escrevo, os personagens parecem vivos e dão palpites no rumo do livro. E como dão…

BLJ: Você está com algum outro projeto no momento? E quais projetos futuros você já tem em mente?

Elias: Além da continuação da série, mantenho no WattPad um ebook gratuito, de romance, com capítulos curtos, que vão sendo liberados aos poucos. O nome é “Cordão Negro” e os leitores podem enviar sugestões para os próximos capítulos. Ou seja, nem eu sei como o livro vai acabar. (rsrs)

Tenho também alguns projetos literários engavetados, mas nada que ainda tenha uma perspectiva. Com a companhia “Os invisíveis” de vídeos, estamos pretendendo lançar uma série de curtas baseados em autores clássicos como o H. P. Lovecraft.

BLJ: O que os leitores podem esperar dos próximos livros da série Role Play?

Elias: Mais aventura, sem deixar de lado o aprendizado individual de cada personagem. Tem muitos elementos clássicos do RPG que não pude apresentar nessa aventura, até para não saturar o livro, que estarão presentes no próximo livro. Novas classes, e além dos elementos já apresentados, pretendo também fazer novas referências a cultura oriental, sem abandonar as referências pop da nossa cultura ocidental.

Acho que os otakus, nerds, geeks e cia, vão curtir as continuações.

_____________________________________________________________________

Eu adorei saber que o autor realmente jogava RPG de mesa, tenho vários amigos que também jogavam e que irão se identificar bastante com esse livro!

Muito obrigada mais uma vez ao Elias por formar a parceria e pela confiança depositada. ❤

Se você ficou curioso e quer ler “Quando Nerds Encontram Orcs” tanto quanto eu, você pode encontrá-lo clicando aqui e também aqui.

Em breve terá resenha sobre ele aqui no blog! Aguardem! 😉

Anúncios

4 comentários sobre “Parceria + entrevista com o autor Elias Ribeiro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s