Estreia da coluna “Rocha)S( – O filme por trás do roteiro”!

Estreia na próxima segunda-feira, a coluna “Rocha )S( – O filme por trás do roteiro”, às 22h, no Cinem(AÇÃO).

rocha

A coluna é assinada pelo escritor baiano e parceiro do blog Livros da Jess, Felipe Ferreira – que após o lançamento do seu primeiro livro “Griphos Meus: Cinema, Literatura, Música, Política & outros Gozos Crônicos” (Leia aqui a resenha) volta ao site – e vai desvendar e colocar em debate a produção “independente” do cinema brasileiro.

Através das suas próprias experiências (com o trabalho em torno de “ELES”, seu primeiro curta que ainda não saiu do papel), o autor propõe abrir uma análise discursiva sobre os meandros da produção de curtas metragens, a política cinematográfica brasileira como um todo e o minucioso processo de criação de quem realiza (ou ao menos tenta).

Os textos serão publicados toda segunda-feira às 22H, e contarão com as ilustrações da estilista e produtora de moda Adriana Lisboa, e do artista plástico Rogério Geo.

A criação da logomarca leva a assinatura do ilustrador curitibano Rapha Rios, que fez o cartoon do autor no livro “Griphos Meus”.

Anotem na agenda:
Dia 23/03/15 – Segunda-feira – às 22h no www.cinemacao.com  😉

Boa sorte e sucesso, Felipe!

Anúncios

Saiu o primeiro pôster do filme “Cidades de papel”!

cidadesdepael

Foi divulgado hoje, pela Fox Film do Brasil, o pôster brasileiro do filme “Cidades de papel”.
O filme, baseado no best-seller de John Green, tem estreia prevista para julho e será estrelado por Cara Delevingne e Nat Wolff.

“Cidades de papel” conta a história de Quentin Jacobsen, que tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita.
Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Quentin vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia.

Bom, eu não curti muito o livro (me julguem), talvez pelas minhas expectativas que estavam lá em cima depois de “A culpa é das estrelas”… Mas tô esperançosa com o filme. Aguardemos 😉

Dica para cinéfilos: Popcorn Time

apopcorn

Depois dos livros, os filmes são minha paixonite aguda.
Um dia desses eu conheci o “Popcorn Time”. E o meu único pensamento foi: POR QUE RAIOS EU NÃO DESCOBRI ISSO ANTES?????

O Popcorn Time é um serviço de streaming de torrents que permite que você assista filmes e séries em HD ❤

Só depois de baixar o programa que eu me liguei que já conhecia sim e que isso foi há muito tempo, em uma época em que ele mal foi lançado e já tiraram ele do ar (pressão da indústria, claro). Porém, segundo eles mesmos, eles estão dentro das leis e logo o serviço voltou! E eu dei mole e nem soube 😦

Mas agora baixei o bendito de novo e olha, ele quebra um galho imenso, viu?! Tem bastante filme novo e muuuuuitas séries!

Vou deixar o link aqui para quem se interessar. Façam bom uso! 😉

Baixe o Popcorn Time clicando aqui!

“Simplesmente acontece” nos cinemas!

aaaaaaaaa

Hoje, finalmente, é a estreia de “Simplesmente acontece” nos cinemas! O filme é baseado no livro “Onde terminam os arco-íris”, da escritora irlandesa Cecelia Ahern, que também é autora de outra obra que foi adaptada para o cinema: P.S. Eu te amo.

O filme “Simplesmente acontece” conta a história dos jovens britânicos Rosie (Lily Collins) e Alex (Sam Claflin), que são amigos inseparáveis desde a infância, experimentando juntos as dificuldades amorosas, familiares e escolares. Embora exista uma atração entre eles, os dois mantêm a amizade acima de tudo. Um dia, Alex decide aceitar um convite para estudar medicina em Harvard, nos Estados Unidos. A distância entre eles faz com que nasçam os primeiros segredos, enquanto cada um encontra outros namorados e namoradas. Mas o destino continua atraindo Rosie e Alex um ao outro.

Para quem ainda não conhecia o filme, deixo aqui o trailer oficial:

Só eu tô louca para ver esse filme?! ❤

Ganhadores do Oscar 2015

aoscar

Aconteceu ontem a noite de premiação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. A cerimônia aconteceu no Dolby Theater (Em Los Angeles, nos Estados Unidos) e foi apresentada pelo ator Neil Patrick Harris (vocês já podem imaginar a comédia, né?! O cara chegou a ficar de cueca no palco! hahahaha).

O grande vencedor da noite, com quatro estatuetas do Oscar, foi “Birdman”. O filme levou o prêmio de Melhor diretor, Melhor roteiro original, Melhor fotografia e levou também a mais importante categoria: Melhor filme.

Então vamos aos indicados e ganhadores de cada categoria:

Melhor documentário em curta-metragem
“Crisis Hotline: Veterans Press 1” (Ganhador)
“Joanna”
“Our curse”
“The reaper (La Parka)”
“White earth”

Melhor animação em curta-metragem
“The bigger picture”
“The dam keeper”
“Feast” (Ganhador)
“Me and my moulton”
“A single life”

Melhor curta-metragem
“Aya”
“Boogaloo and Graham”
“Butter lamp (La lampe au beurre de Yak)”
“Parvaneh”
“The phone call” (Ganhador)

Melhor edição de som
Alan Robert Murray e Bub Asman  – “Sniper americano” (Ganhador)
Martín Hernández e Aaron Glascock – “Birdman”
Brent Burge e Jason Canovas – “O hobbit: A batalha dos cinco exércitos”
Richard King – “Interestelar”
Becky Sullivan e Andrew DeCristofaro – “Invencível”

Melhor mixagem de som
John Reitz, Gregg Rudloff e Walt Martin – “Sniper americano”
Jon Taylor, Frank A. Montaño e Thomas Varga – “Birdman”
Gary A. Rizzo, Gregg Landaker e Mark Weingarten – “Interestelar”
Jon Taylor, Frank A. Montaño e David Lee – “Invencível”
Craig Mann, Ben Wilkins e Thomas Curley – “Whiplash” (Ganhador)

Melhor trilha sonora
Alexandre Desplat – “O grande hotel Budapeste” (Ganhador)
Alexandre Desplat – “O jogo da imitação”
Hans Zimmer – “Interestelar”
Gary Yershon – “Sr. Turner”
Jóhann Jóhannsson – “A teoria de tudo”

Melhor canção
“Everything is awesome”, de Shawn Patterson – “Uma aventura Lego”
“Glory”, de John Stephens e Lonnie Lynn – “Selma” (Ganhadora)
“Grateful”, de Diane Warren – “Além das luzes”
“I’m not gonna miss you”, de Glen Campbell e Julian Raymond – “Glen Campbell…I’ll be me”
“Lost Stars”, de Gregg Alexander e Danielle Brisebois – “Mesmo se nada der certo”

Melhores efeitos visuais
Dan DeLeeuw, Russell Earl, Bryan Grill e Dan Sudick – “Capitão América 2: O soldado invernal”
Joe Letteri, Dan Lemmon, Daniel Barrett e Erik Winquist – “Planeta dos macacos: O confronto”
Stephane Ceretti, Nicolas Aithadi, Jonathan Fawkner e Paul Corbould – “Guardiões da Galáxia”
Paul Franklin, Andrew Lockley, Ian Hunter e Scott Fisher – “Interestelar” (Ganhador)
Richard Stammers, Lou Pecora, Tim Crosbie e Cameron Waldbauer – “X-Men: Dias de um futuro esquecido”

Melhor design de produção
“O grande hotel Budapeste” (Ganhador)
“O jogo da imitação”
“Interestelar”
“Caminhos da floresta”
“Sr. Turner”

Melhor maquiagem e cabelo
Bill Corso e Dennis Liddiard – “Foxcatcher”
Frances Hannon e Mark Coulier – “O grande hotel Budapeste” (Ganhador)
Elizabeth Yianni-Georgiou e David White – “Guardiões da Galáxia”

Melhor figurino
Milena Canonero – “O grande hotel Budapeste” (Ganhadora)
Mark Bridges – “Vício inerente”
Colleen Atwood – “Caminhos da floresta”
Anna B. Sheppard e Jane Clive – “Malévola”
Jacqueline Durran – “Sr. Turner”

Melhor montagem
Joel Cox e Gary D. Roach – “Sniper americano”
Sandra Adair – “Boyhood”
Barney Pilling – “O grande hotel Budapeste”
William Goldenberg – “O jogo da imitação”
Tom Cross – “Whiplash” (Ganhador)

Melhor fotografia
Emmanuel Lubezki – “Birdman” (Ganhador)
Robert Yeoman – “O grande hotel Budapeste”
Lukasz Zal e Ryszard Lenczewski – “Ida”
Dick Pope – “Sr. Turner”
Roger Deakins – “Invencível”

Melhor animação
“Operação Big Hero” (Ganhador <3)
“Como treinar o seu dragão 2”
“Os Boxtrolls”
“Song of the sea”
“O conto da princesa Kaguya”

Melhor documentário
“O Sal da Terra”
“CitizenFour” (Ganhador)
“Finding Vivian Maier”
“Last days”
“Virunga”

Melhor filme em língua estrangeira
“Ida” – Polônia (Ganhador)
“Leviatã” – Rússia
“Tangerines” – Estônia
“Timbuktu” – Mauritânia
“Relatos selvagens” – Argentina

Melhor roteiro adaptado
Jason Hall – “Sniper americano”
Graham Moore – “O jogo da imitação” (Ganhador)
Paul Thomas Anderson – “Vício inerente”
Anthony McCarten – “A teoria de tudo”
Damien Chazelle – “Whiplash”

Melhor roteiro original
Alejandro G. Iñárritu, Nicolás Giacobone, Alexander Dinelaris Jr. e Armando Bo – “Birdman” (Ganhador)
Richard Linklater – “Boyhood”
E. Max Frye e Dan Futterman – “Foxcatcher”
Wes Anderson e Hugo Guinness – “O grande hotel Budapeste”
Dan Gilroy – “O abutre”

Melhor atriz coadjuvante
Patricia Arquette – “Boyhood” (Ganhadora)
Laura Dern – “Livre”
Keira Knightley – “O jogo da imitação”
Emma Stone – “Birdman”
Meryl Streep – “Caminhos da floresta”

Melhor ator coadjuvante
Robert Duvall – “O juiz”
Ethan Hawke – “Boyhood”
Edward Norton – “Birdman”
Mark Ruffalo – “Foxcatcher”
J.K. Simmons – “Whiplash” (Ganhador)

Melhor atriz
Marion Cotillard – “Dois dias, uma noite”
Felicity Jones – “A teoria de tudo”
Julianne Moore – “Para sempre Alice” (Ganhadora)
Rosamund Pike – “Garota exemplar”
Reese Witherspoon – “Livre”

Melhor ator
Steve Carell – “Foxcatcher”
Bradley Cooper – “Sniper americano”
Benedict Cumberbatch – “O jogo da imitação”
Michael Keaton – “Birdman”
Eddie Redmayne – “A teoria de tudo” (Ganhador)

Melhor diretor
Alejandro Gonzáles Iñárritu – “Birdman” (Ganhador)
Richard Linklater – “Boyhood”
Bennett Miller – “Foxcatcher: Uma história que chocou o mundo”
Wes Anderson – “O grande hotel Budapeste”
Morten Tyldum – “O jogo da imitação”

Melhor filme
“Sniper americano”
“Birdman” (Ganhador)
“Boyhood: Da infância à juventude”
“O grande hotel Budapeste”
“O jogo da imitação”
“Selma”
“A teoria de tudo”
“Whiplash”

Achei mais do que merecido o prêmio de melhor ator para o Eddie Redmayne, ele teve uma atuação in-crí-vel no filme “A teoria de tudo”.
E o Brasil mais uma vez perdeu a oportunidade de trazer o Oscar pra cá… Mas a gente supera. Na próxima estaremos lá de novo 😉

Vou deixar aqui pra vocês o trailer do ganhador de melhor filme, Birdman:

Alguém já viu? O que achou?

Filmes: Lançamentos da semana – 19/02/15

livrosdajess

Nesta semana serão lançados quatro filmes e dentre eles está o tão aguardado “Sniper Americano”, que foi indicado a seis estatuetas do Oscar – nas categorias Melhor Filme, Ator (Bradley Cooper), Roteiro Adaptado, Montagem, Edição de Som, e Mixagem de Som – e promete ser o próximo sucesso de bilheterias aqui.
Então vamos aos lançamentos da semana:

  • Deixa rolar

Um roteirista (Chris Evans) está trabalhando em um texto para um filme romântico, mas ele está tendo dificuldades, pois já está cansado desse negócio de amor. Ele arruinou todos os relacionamentos em que já esteve, o que torna a tarefa bem complicada. Isso até ele conhecer uma garota (Michelle Monaghan) que pode mudar sua forma de pensar e o resultado de seu trabalho.

  • Um santo vizinho

Maggie (Melissa McCarthy) acaba de se divorciar. Ela e o filho de 12 anos -fragilizado pela separação dos pais – se mudam. Um vizinho, St. Vincent De Van Nuys (Bill Murray), se aproxima deles e se oferece para cuidar do menino. Depois de hesitar, Maggie aceita, pois é enfermeira e faz plantões de madrugada.Uma grande amizade nasce entre o menino e o veterano de guerra, Vincent. Apesar de ele não ser a pessoa mais indicada para cuidar de uma criança, essa amizade faz muito bem ao menino.

  • Sniper Americano

Adaptado do livro American Sniper: The Autobiography of the Most Lethal Sniper in U.S. Militar History, o filme conta a história real de Chris Kyle (Bradley Cooper), atirador de elite das forças especiais da marinha americana. Durante cerca de dez anos ele matou mais de 150 pessoas, tendo recebido diversas condecorações por sua atuação.

  • O diário da esperança

No final da Segunda Guerra Mundial, a Hungria está praticamente destruída e derrotada. Dois garotos gêmeos de 12 anos de idade são enviados pelos pais para a casa da avó, que não demonstra o menor afeto por eles. Durante um ano os irmãos tentam lidar com a nova realidade do país e da nação.

Confesso que “O diário da esperança” não faz muito meu estilo de filme, mas os outros três eu quero muito assistir. Principalmente “Sniper Americano”, só o trailer já deixa a gente com uma agonia imensa e vontade de saber o que vai acontecer. O filme é dirigido pelo gênio Clint Eastwood e parece que vale a pena assistir!

Qual desses vocês querem ver?

Filmow – Rede social para cinéfilos

filmow

Hoje eu vim falar sobre o Filmow. Vocês conhecem?

Muita gente ainda não sabe ou nunca ouviu falar, mas o Filmow é uma rede social de filmes e séries (e de longe, a minha preferida!).

No filmow, você cria o seu perfil e nele você pode marcar os filmes e séries que você já assistiu, os que você quer ver, os que você não quer ver, os seus favoritos, além de poder ler as sinopses dos filmes e assistir seus trailers. Pode também fazer e ler avaliações sobre os filmes (e consequentemente ler alguns spoilers pelos usuários que ainda não aprenderam a usar o botão de aviso -_-).

Lá também é possível adicionar pessoas e enviar comentários nos perfis delas. E olha que máximo: Ao entrar no perfil de alguém, o filmow mostra o grau de compatibilidade cinéfila entre vocês! Bom pra fazer novas amizades com uma galera que tem o mesmo gosto que você 😉

Uso muito essa rede social pra ficar por dentro das novidades e lançamentos do mundo cinematográfico e também pra ficar de olho nas datas de estreias dos filmes que quero ver. Faço parte do filmow desde 2010 e de acordo com a quantidade de filmes que já marquei na rede, já gastei 113d4h36min de filmes assistidos :O Amo filmes, me processem! hahahaha

Então tá aí uma dica ótima de rede social pros cinéfilos de plantão como eu. Façam parte vocês também!
Clica aqui pra conferir o site do Filmow!